Templates da Lua

20081216

Pensei Infinito.


Penso infinito.
Acabo exterminando todo o inaceitável conflito.
Típico de quem acorda todos os dias aflito,
imaginando "agora seu cérebro parece estar frito"
Mas como tenho dito.
Só penso se for infinito.

Não sei como vim parar aqui,
mas da melhor forma ainda pretendo sair.
Diferente de quem se adapta ao ambiente.
Igual a quem está sempre pronto para o salto mortal.
Alguém que jura ser mais que um animal,
racional que cansou de pensar igual.
Ainda não sabe como veio parar aqui,
mas continua andando na vaca,
procurando uma vaga pra estacionar.
aqui ou ali,sem ficar na contra mão
do tráfego das nuvens
que continuam imunes ao aquecimento global.

Não é por mal,mas aonde isso vai parar?
Não sei até quando vou ficar
aqui no ponto, esperando o primeiro ônibus
que me leve pra onde o sol nunca se põe.
Apenas se propõe a brilhar para sempre.
Sempre que eu me sentir um fantasma,
com o velho violão,tocando pra multidão
dos pensamentos infinitos.
Em guerra com todos meus conflitos.
Vejo tudo com um olhar parcialmente aflito.
E no cérebro ainda mais frito,o tempo passa
e eu aqui só reflito;

Como tenho dito.
Só penso se for infinito.



Vinicius Ribeiro.