Templates da Lua

20120530

Eu sou Ele



Uma idosa sentada em frente à casa
Eu ainda não cansado
Percebi a essência de tudo
Mais ou menos ensolarado
No caos fora tudo bem vindo
Os rios do meu sangue perdido
Cada pensamento único uma luz
E o descanso no escuro;
O sol se punha em mim
Nascia em você
E formava o nosso dia.
Assim eu me vi em teus olhos
Passei a dormir um pouco mais tarde
Pois não conheci o teu o sorriso
Quando ainda tinha sono,
No caos da mente pra sempre distraído
Eu sou o que sempre fui.
O Silêncio que traga respostas
Ainda tomo banho com a luz apagada.



Vinicius Ribeiro.