Templates da Lua

20120416

180º

 
Caia pra cima em movimentos circulares
Há milhares de anos daqui
Respirava fundo
E me amava

A contar estrelas em buracos negros
Divertia-me com barulhos estranhos
Gritos de desequilíbrio
E pedidos de socorro.


Anestesiada a hora que nos dividia
Universos em tons de cinza
Nesta poça de sangue
E a tal saliva minha

Em olhares e espelhos eu me distorcia.
Entre todo o nada que estes viram
Até aqui os nossos olhos perdidos
Eram toda a verdade que existia.



Vinicius Ribeiro.