Templates da Lua

20110211

Abre parênteses.

O Ouro não é nada, porque é pouco.
Se ainda fosse grande como a vida
Mais certa que a sorte de nós loucos.

Movimentos em círculos parados
Espaços infinitos dos triângulos e quadrados
Fez do covarde o grande herói da nossa conversa
A opinião mais importante de todo o universo.

Diversas sabedorias se juntam aos goles de ousadia.
Para a minha vida era a criação de um paraíso
Dentro disso só existia o que eu queria
Aos sonhos, descobertas e o futuro
Que seja eterno enquanto puro... Sábio e maduro.




­ ­­ Vinicius Ribeiro.