Templates da Lua

20120814



Eu me liberto
E conto o tempo de forma decrescente
Um muro transparente água
Eu incomodado,
Existo de verdade

Em passos meio calados
Corro e grito descalço caminhos contrários
Rápidos espasmos
Olhos profundos em fogo baixo
E o silêncio nunca mais fora abafado



Espirro amor na tua cara.