Templates da Lua

20120227

Jaz

Na respiração a constatação do muito
pois eu morri todos os dias
Aspirante, enquanto o sol nascia
Enxergava através da neblina
Desejos inconcebíveis
Deliberadamente escritos em suas paginas vazias
Se de repente
O pesadelo ainda melhor que o sonho
“Difícil foi levantar da cama”
Calar as ruas por mais este instante
Enfermo, me afoguei em um lago seco
Entre paisagens de árvores com sede
Respiração boca a boca
Nos lábios da tua alma em fúria
Estendi os meus passos
até o outro lado do muro
... E a porta entreaberta
A tempestade sarou a terra.



Vinicius Ribeiro.