Templates da Lua

20110307

Poema do nosso louco amor.



Hoje foi o dia mais feliz da minha vida, até chegar amanhã.
A perpétua união nos aguarda no cais... Logo após o por do sol.
Exatamente ao extremo oposto do farol.
Na noite passada cinco quilômetros lado a lado.
Borboletas no estômago em todo instante passo a passo.
Sou o visitante que ultrapassa o limite do obvio acaso.
Só faço celebrar o orgasmo...
Me arrasto pelo chão da cozinha, todas as gotas deste nosso louco amor.
Por favor, alivie o cansaço dos meus pés.
Sente se nas pedras, receba de mim todas as águas dessa pitoresca maré.
Com a cabeça em teu aquecido colo, eu oro e desejo toda essa vida agora.
Do litoral esquento as águas frias, no Paraíso acordo todos esses dias.
Me admira a intensa luz de teus olhos e sorriso.
Quando me despertam e me desejam sempre um novo e etéreo Bom dia.
Me alivia a imensa cruz que atiro no abismo.
Pois é disso que se trata o amor.
Anjos e cânticos. Adoração e Louvor.
Estou em teus braços, na madrugada, sentados no topo do mundo.
Vemos prédios em ruas que passeiam por tua carne crua.
Flutuam em idéias, permeiam planos absurdos.
Tudo em legitima grandeza.
A certeza que tivemos hoje o melhor dia de nossas vidas.
Até o primeiro próximo por do sol dobrar a esquina.



Vinicius Ribeiro.