Templates da Lua

20081122

Olhando pela janela.




Todas as noites
eu procuro por ela.
Pois quem me ouve é ela,
só quem me entende é ela.

Antes de dormir, o meu olhar é pra ela
e meu último boa noite é sempre pra ela,
que me atende toda vez que a procuro.
Mesmo no escuro eu ainda posso falar com ela.

Quando abro a janela
minha visão é toda pra ela.
Mesmo quando estive ausente
ela sempre manteve se presente.
Até quando não a vi,
de alguma forma eu sei que a percebi.

Toda vez em que eu tenho esperança
eu falo com ela,
e quando penso na velha lembrança
incrivelmente eu me deparo com ela,
que fielmente em cada solitária noite esteve comigo.
Mais que qualquer amigo
é só ela o meu mais sincero abrigo.

No desespero, minhas lágrimas são pra ela.
E o sorriso de quando no futuro eu acredito, também é pra ela.
Toda pureza do meu coração eu guardei pra ela.
As diversas emoções de todas as linda canções,
eu sinto quando olho pra ela.

Ela que em todas as noites me presenteia com seu brilho.
Com a fé e a esperança de quem sempre esteve lá em cima.
Olhando pela janela.
É só ela quem me recebe de braços abertos.
Por isso pra ela são os meus dias de espera,
mais uma noite na janela,
olhando para ela.
Pois só quem me ouve é ela.
Mesmo no escuro,
certamente é ela quem todo noite eu procuro.



Vinicius Ribeiro.